segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Ebola: mais uma pandemia lucrativa

.











O Ebola é uma "febre hemorrágica", doença grave transmitida por um vírus e traduz-se por um quadro febril acompanhado de hemorragias e imunodepressão. A taxa de mortalidade é elevada, podendo atingir os 90% e actualmente não existe qualquer tratamento. A transmissão é feita pelo contacto com pessoas infectadas e não por via aérea.




Um tratamento milagroso.

Após ter sido hospitalizado em Atlanta, nos Estados Unidos, o médico Kent Brantly, saí desse hospital passado poucas semanas, como um herói, curado e rodeado de um aparato mediático impressionante.

Declara: "Deus salvou-me a vida". Após agradecer à equipa médica e às milhares de pessoas que em todo o mundo rezaram para a sua cura, acrescenta: "Por favor, não deixem de rezar para os povos de África Ocidental".

Para além das rezas, Kent Brantly, terá recebido, no hospital, um tratamento experimental e passado poucas horas o seu estado clínico melhorou tanto que até foi visto a deambular no seu quarto.

Este "milagre" levanta algumas dúvidas: será que este médico estava realmente infectado ou tudo não passa de um show mediático, dada a cura inesperada e tão célere?

Será mais uma epidemia mundial com contornos lucrativos por parte do lobby farmacêutico?




Chegou a vez dos...morcegos.

O Ebola é uma zoonose (doença transmitida do animal ao homem), outrora raras estão a tornar "moda", já tivemos as vacas, os porcos, as aves e agora fala-se que inicialmente o Ebola poderá ter tido origem nos morcegos-da-fruta que o terá transmitido aos macacos e aos porcos.




O lobby farmacêutica sempre à espreita...

O novo medicamento, chamado Zmapp, foi desenvolvido pela companhia de biotecnologia Mapp Biopharmaceutical Inc de São Diego, na Califórnia. Esta empresa trabalha em colaboração com a empresa canadiana de biotecnologia Defyrus.

Este medicamento terá sido descoberto durante um programa financiado pelo Instituto Nacional de Saúde e a Agência de Redução das Ameaças de Defesa, ligada ao ministério da Defesa americano e especializado na luta contra ameaças químicas ou biológicas.

A empresa canadiana, Tekmira Pharmaceuticals, também tem um contrato de 140 milhões de dólares com o departamento de Defesa americano para tentar encontrar um tratamento contra o Ebola, o seu protótipo já se encontra em fase de ensaios clínicos desde janeiro de 2014.

No dia seguinte ao repatriamento de Kent Brantly, a cotação da Tekmira subia 33% na bolsa de Nova Iorque. No dia 09 julho deste ano, a empresa Tekmira recebeu 1,5 milhões de dólares da Monsanto, teoricamente para a investigação de produtos na área da agricultura. Esse valor poderá alcançar um total de 86,2 milhões em função do sucesso do projecto.

Entretanto, a empresa japonesa Toyama Chemical, diz ter homologado em março um medicamento contra a gripe, composto por três anticorpos monoclonais, chamado de favipiravir e comercializado com o nome de Avigan, que poderá tratar o Ebola.

A corrida aos milhões está lançada.




A malária mata mais de 3 milhões de pessoas por ano no mundo.
A tuberculose mata mais de 2 milhões de pessoas por ano no mundo.
As doenças diarreicas matam mais de 2,5 milhões de pessoas por ano no mundo.
A SIDA mata mais de 3 milhões de pessoas no mundo.
A poluição do ar mata mais de 7 milhões de pessoas por ano no mundo.
A doenças ligadas às condições de trabalho matam mais de 2 milhões de pessoas por ano no mundo.
A fome mata mais de 3 milhões de pessoas por ano no mundo.
Este surto de Ebola matou mais de 2000 pessoas no mundo.







http://nouvelles3.com/nouvelles/ebola-le-fabricant-du-serum-grimpe-en-bourse

http://conscience-du-peuple.blogspot.pt/2014/08/ebola-une-arme-de-distraction-massive.html

http://www.nowtheendbegins.com/blog/?p=24084

http://www.abovetopsecret.com/forum/thread1025019/pg1


.
.

10 comentários:

  1. Olá Octopus!

    Verificando por alto alguns dados dos países envolvidos neste "surto" de algo, reparei que na Serra Leoa 8afectado pelo tal "surto" o uso abusivo e generalizado de um certo antibiótico que tem como efeitos secundários expressões que se podem associar à tal da infecção pelo tal vírus não deixa de ser curioso! Depois temos o natural facto de insuficiência de vitamina C, ela própria produz efeitos idênticos aos que são atribuídos ao tal vírus e que podem ser atribuídos a ele! Mas enfim... Tal como sempre o DINHEIRO é o que importa o resto é CIRCO!

    De resto é curioso constatar que neste caso os ANTICORPOS são utilizados para curar a infecção... E no caso da SIDA a presença de anticorpos no nosso organismo são indicação de MORTE! Sempre divertidas estas estórias de encantar!

    De resto há uns dias atrás passou uma reportagem (acho que na TVI) de um daqueles postos de saúde no qual o director disse que já tinham curado 8 pessoas que tinham lá entrado com a dita infecção! E sem Zmapp!

    Se calhar deu-lhes vitamina C (e não só!) por via intra-venosa... E voilá!

    Resta o pessoal aceitar a propaganda do ZMAPP e VIVA O LUCRO!

    Abraço
    VOZ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voz,

      Sempre atento.

      Obrigado pelo teu trabalho no teu blogue que não deixo de ler...

      Um grande, grande abraço

      Eliminar
    2. Fica aqui alguma info adicional!

      Estudo "Potential for Bleeding with the New Beta-Lactam Antibiotics"

      Na Serra Leoa 5 hospitais e 15 farmácias distribuem disto como quem distribui água!

      O estudo aqui! Mas a culpa é de quem?!? Claro...Dos morcegos!

      Depois não esquecer os pesticidas que apesar de banidos nos nossos países continuam a ser vendidos aos africanos e por eles utilizados em grandes quantidades, e muitos deles provocam o quê?!? Claro... Dos morcegos!

      Se juntarmos a estes banidos os que são vendidos junto com os produtos OGM então o cenário é absolutamente admirável!

      Este vídeo é engraçado! Repara na alteração de discurso após o minuto 1:13!

      Mas enfim... A culpa já sabemos que NUNCA É NOSSA!

      É sempre de algum animal... neste caso dos morcegos! São uns sacanas estes animais!

      Resta-nos O SALVADOR!

      SALVÉ ZMAPP SALVÉ

      Abraço
      VOZ

      Eliminar
  2. Quase se mete pelos olhos dentro
    Mas há gente que... nem vendo

    ResponderEliminar
  3. Pode nao ter sido efeito nenhum do medicamento,estar infectado ou nao e uma hipotese mas tambem pode ter sido o organismo a reagir coincidentemente com a administracao do medicamento e como nao morreu foi gracas ao medicamento, enretanto outro medco a quem foi administrado morreu.se fosse uma farsa nao se corria o risco de a revelar antes de atingir o objectivo ja montado da tal "propaganda"com sucesso.

    Nao me parece estarmos perante novos tamiiflus

    ResponderEliminar
  4. Deus não existe.

    E, por isso, não deverá fazer nada pelos povos da África Ocidental - que, para grande azar seu, vivem numa zona do Planeta rica em recursos naturais, constituída por países de Terceiro Mundo, do tipo que são frequentemente alvo de políticas ocidentais que visam reduzir as populações nativas desses países. (http://www.hli.org/resources/exposing-the-global-population-control/)

    Pessoalmente, suspeito muito mais de uma mão humana, por trás desta epidemia e dos resultados da mesma - do que de uma qualquer intervenção divina, ou obra do mero acaso.

    E, acho mesmo muito interessante que os médicos estadunidenses atingidos por esta doença tenham sido salvos por um suposto tratamento experimental - enquanto que esse mesmo tratamento, muito convenientemente, não é administrado às populações africanas.

    Pois - para além de serem conhecidos os planos estadunidenses de redução populacional em países de Terceiro Mundo - andasse eu a espalhar vírus propositadamente, só usaria aqueles vírus para os quais houvesse uma cura - para, caso fossem atingidas pessoas que não fosse conveniente eliminar, pudessem tais possíveis problemas ser resolvidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Deus não existe"

      Mas o que é que interessa se existe ou não existe? Quando deveria ser a Humanidade a resolver os seus problemas, em vez de andarem a gastar recursos preciosos em praxes e tomatinas por exemplo, informem-se e ajudem quem mais precisa ao invés de andar a culpar Deus pelas atrocidades cometidas pelos seres humanos. Solidariedade não é participar nas campanhas do "arredonda" uma vez por ano, este comentário não é necessariamente uma critica direccionada a ti Fernando Negro.

      Eliminar
  5. E, ainda sobre epidemias (ou pandemias) que, convenientemente, reduzem a população africana (e mundial) - e sobre um outro vírus específico que foi mencionado...

    http://www.larouchepub.com/eiw/public/2000/eirv27n28-20000721/eirv27n28-20000721_006-aids_the_deliberate_catastrophe.pdf

    (Já repararam que, enquanto para um normal cidadão, ter SIDA é sinónimo de morte anunciada, para um certo desportista famoso e com muito dinheiro, tal já não foi verdade? Suponho que também tenha sido "intervenção divina"...)

    ResponderEliminar
  6. Bem quase só faltou dizer claramente que o ocidente anda a fazer guerras biológicas a outros povos para os reduzir, cada cabeça sua sentenca

    ResponderEliminar
  7. Octopus

    Estava viajando, cheguei e já me deparo com este excelente texto, colocarei em meu blog para conscientizar mais pessoas, espero que não se incomode.

    Um grande abraço meu amigo

    ResponderEliminar